Prêmios e Certificações

Prêmios

2007 - ONU - Organização das Nações Unidas

ONUA Associação Educacional Labor foi listada oficialmente na relação das ONGs mais competentes do mundo para atuação em parceria com a iniciativa privada, ficando entre as 6 eleitas do Brasil.

A relação foi elaborada pelo Pacto Global das Nações Unidas (The United Nations Global Compact), e a lista foi divulgada em 05 de julho de 2007, no Encontro de Líderes do Pacto Global, organizado pela ONU em Genebra.

Financial Times publica lista das ONGs mais competentes do mundo.

Foram apresentados dois rankings, um destacando as ONGs de atuação global e outro apresentando as entidades de atuação local (restrita a seus próprios países).

Realizada em parceria com a Dalberg Global Development Advisors, firma especializada na área de desenvolvimento global, a pesquisa ouviu 450 empresas em todo o mundo para chegar à listagem, que indica as melhores organizações, porém sem ordená-las em um ranking.

As listas foram publicadas hoje no jornal britânico Financial Times, que trouxe um suplemento especial tratando da maturidade da parceria entre a responsabilidade social das empresas e o trabalho das ONGs.

Brasil e Argentina são os países com o maior número de ONGs entre as melhores de atuação local: seis de cada país. Seguidos por Chile (5); Austrália, África do Sul, Alemanha, Espanha, EUA, Itália, México e Reino Unido (todos com 2); Costa Rica, Emirados Árabes, Índia, Peru e Vietnã (com 1). Há também uma ONG, cuja região de atuação aparece como América Latina sem indicação de país.

Na lista das ONGs Brasileiras estão: Associação Educacional Labor , Akatu,Instituto Ethos, Cenpec, Instituto de Reciclagem do Adolescente, e Missão Criança.

Segundo a ONU, a seleção foi baseada em quatro critérios:

  1. Comprometimento: empenho em atingir as metas dos parceiros.
  2. Adaptabilidade: capacidade de complementar e aproveitar as característica dos parceiros.
  3. Execução: capacidade de converter planos e intenções em projetos bem-sucedidos.
  4. Comunicação: capacidade de fornecer conteúdos concisos, de alta qualidade e pontualmente.

Junto com o anúncio das ONGs mais competentes, foi lançado o “Guia de Negócios em Parceria com ONGs e a ONU” (Business Guide to Partnering with NGOs and the UN), com os perfis de todos os listados. O objetivo do Guia é ajudar as empresas a identificar organizações civis confiáveis com as quais possam trabalhar em parceria.

Veja a lista completa das melhores do mundo em atuação local:

País  -    ONG
1. Brasil - Instituto Akatu
2. Brasil - Cenpec
3. Brasil - Instituto Ethos
4. Brasil - Instituto de Reciclagem do Adolescente
5. Brasil - Associação Educacional Labor
6. Brasil - Missão Criança
7. Argentina - CIPPEC
8. Argentina - Fundacion Cimientos
9. Argentina - Fundacion Compromiso
10. Argentina - Fundacion Conciencia
11. Argentina - Fundacion Proyecto Padres
12. Argentina - SES
13. Chile - A Roof for my Country
14. Chile - Cenfa
15. Chile - Fundacion Pro Bono
16. Chile - Prodemu
17. Chile - Trabaja para un hermano (Fundacion Solidaria)
18. Austrália - Indigenous Enterprise Partnerships
19. Austrália - Landcare Australia Limited
20. África do Sul - Heartbeat
21. África do Sul - Mothers to Mothers
22. Alemanha - GermanWatch
23. Alemanha - OekoInstitut, Freiburg Germany
24. Reino Unido - Forum for the Future
25. Reino Unido - Help the Hospices
26. México - Cemefi
27. México - Fundacion del Empresariado Chihuahuense
28. Espanha - Fundacion Exit
29. Espanha - Fundacion Pardo-Valcarce
30. EUA - Grassroot Soccer
31. EUA - Resources for the Future
32. Itália - Cittadinanza Attiva
33. Itália - Legambiente
34. Emirados Árabes - EEG United Arab Emirates
35. Peru - Gestionarse
36. Costa Rica - Fundes
37. Índia - Bharatiya Agro Industries Foundation (BAIF)
38. Vietnã - Vietnam Business Link Initiative
39. América Latina - Empresarios sin Fronteras Latin América

 

2001 - Filantropia 400

selo 400 melhores Classificada como a 395ª Maior Entidade Beneficente do Brasil em 2001, de acordo com a Análise Efetuada pela Kanitz & Associados.



Certificações:

  1. Utilidade Pública Federal: Decreto de 12-04-1999
  2. Utilidade Pública Municipal: Nº 43.492 de 29-09-1998
  3. Utilidade Pública Estadual: Nº 35.997 de 02-04-1996
  4. Certificado CNAS nº 44006.001066/96-76 Resolução nº 129 de 22-08-97 Publicado no DOU em 27-08-97
  5. Certificado no CMDCA: 499/CMDCA/95 em 18 de setembro de 1995