Programa 1

Educação para a Vida

Educação para a Vida

Objetivo

Formar professores para que elaborem, apliquem, avaliem e sistematizem Projetos Didáticos, aliando teoria e prática, para uma aprendizagem significativa

Duração

10 meses



Público Direto

Educadores de Escolas Públicas ou de ONGs

Estratégias

Oficinas e orientação individual aos professores para que elaborem, apliquem, avaliem e sistematizem Pequenos Projetos Didáticos – projetos de curta ou média duração, capazes de mobilizar seus alunos, contemplando os objetivos didáticos propostos pelos professores.

Resultados

  1. Melhora nas relações da escola com a comunidade à qual ela serve: aumenta a consciência de que a escola é um serviço basicamente dirigido para o seu aluno e para a comunidade onde ela está inserida.
  2. O ensino se torna mais ativo, associando a teoria à prática: os alunos se motivam e se mobilizam mais para aprender, pois reconhece o valor dos conhecimentos para a vida, descobertos por meio de experiências e da aplicação prática, o que aumenta seu domínio de conceitos e habilidades correspondentes.
  3. Os alunos aprendem “Atividades da Vida Diária”: conhecimentos relacionados com o saber dos ofícios e que podem utilizar para enfrentar desafios no seu dia a dia, adquirindo maior autonomia.
  4. Os professores planejam e executam Projetos Didáticos capazes de motivar os alunos: utilizam pequenas unidades de ensino com atividades práticas e teóricas bem concatenadas para atingir os objetivospedagógicos propostos em cada etapa.
  5. A avaliação é usada como instrumento de pesquisa do professor: investem na qualidade de sua atuação com base na reflexão, na avaliação diagnóstica, no registro dos resultados, na auto avaliação do aluno.
  6. Melhora nas relações interpessoais na escola: há maior parceria entre aluno e professor, entre professores e todos os outros educadores da escola, incentivando o envolvimento afetivo e a criatividade, o que resulta numa sensível redução dos episódios de indisciplina no ambiente escolar, refletindo-se no ambiente familiar.
  7. Melhora nos índices de aproveitamento medidos nas avaliações internas e externas: alunos mostram melhor desempenho nas provas e nos exames estaduais e nacionais da educação.

Achou interessante? Fale conosco