Ser professor é para poucos

Ser professor é para poucos

É fato, e não temos dúvidas, o quanto é difícil ser professor atualmente. Os desafios são enormes e não importa se são escolas públicas ou particulares que os problemas existem.

Basta assistir os jornais que vemos as agressões físicas, morais e emocionais que os educadores recebem ao longo da sua trajetória profissional. Nos deparamos com queixas de desgaste emocional o tempo todo, a insatisfação na carreira, salários baixos, falta de reconhecimento e até de materiais básicos nas escolas. O mundo educacional está caótico. Quantos professores você conhece que já sofreram ataque de pânico, depressão, tentativa de suicídio? Infelizmente essa taxa no Brasil é alta.

Por outro lado, já percebeu que as aulas em um geral têm sido desinteressantes para essa geração? Reter a atenção dos estudantes e fazer com eles sejam participativos nunca foi tão difícil. Além disso encontramos um grande concorrente que rouba a atenção dos alunos dentro da própria sala de aula, o celular. É inevitável o avanço da tecnologia para dentro das escolas sendo que esses ambientes de aprendizagem estão atrasados no tempo. Será que podemos usá-la a nosso favor?

E os números não nos deixam mentir, o Brasil tem a maior taxa de evasão e abandono escolar do Mercosul. Um país tão rico mas possui uma realidade tão triste na educação.

Contudo, as dores e os desafios são muitos mas será que conseguimos reverter esse cenário? O quê podemos fazer que está ao nosso alcance? É hora de pensar estrategicamente, arregaçar as mangas, por as ações em prática e atuar. Não podemos colocar toda a culpa no governo e esperar que ele faça algo, nós também podemos nos unir, agir e fazer a diferença.

#Partiu transformar a educação brasileira?

Posts relacionados

Resolvendo o problema de sincronização.

365 dias de uma consciência negra


O Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, possui 54% de sua população composta por pessoas negras, ou seja, este grupo populacional representa a maioria da sociedade brasileira. Sendo assim, por que só em novembro que ...

Ler mais
Resolvendo o problema de sincronização.

Como usar o potencial criativo das crianças para formar olhares mais humanos

Na formação das crianças, é fundamental trilhar caminhos educacionais que reforcem a empatia, o respeito e a responsabilidade… A infância é uma das fases em que somos mais autênticos...

Ler mais
O encontro de desenvolvedores de aplicativos incríveis

Avaliação da aprendizagem: um tema delicado da esfera educacional

“As recomendações atuais relativas à avaliação das aprendizagens defendem a ideia de que: deve estar em consonância com o currículo; deve integrar os processos de ensino e de aprendizagem; deve ser predominantemente formativa ...

Ler mais

Fale conosco
contato@labor.org.br
+55 (11) 2924 7053 (fixo)
+55 (11) 99544 9355 (whatsapp)

Localização
Nosso Escritório
CIVI-CO | Negócios de Impacto Social
Rua dos Glicinías, 178
Mirandópolis, São Paulo/SP, 04048-050
Espaço Compartilhar FICAS
Rua Dr. Lopes de Almeida, 180
Vila Mariana, São Paulo/SP, 04120-070

Horário de Funcionamento
De Segunda a Sexta das 9h00 às 18h00

© Copyright 2022. Todos os direitos reservados.